Terceiro desafio: A bolsa do bebê (ou melhor, a mochila!)

“Mas como assim? Pai escolhendo bolsa de bebê?! Já é frescura demais!”

Bom, pausa para a realidade: Quem carrega a tal da bolsa do bebê a maior parte do tempo quando o casal sai junto? O pai, oras! Então você, pai, não vai querer que sua querida esposa arrume um trambolho pesado e ruim de carregar porque achou a tal bolsa “uma fofura”! Esse é o tipo de erro que o futuro pai cai e só percebe depois, ao ter que carregar a dita cuja ou então maltratar a esposa, restando a ela carregar o filho e a bolsa fashion, o que imagino não ser a intenção de ninguém…

Então vamos lá: Eu gosto mesmo é de mochila. Afinal, colocou nas costas e você se sente livre para andar, correr, pular e não sentir sua coluna entortando para dar uma compensada no peso.

Daí pesquisando vi que tem vários modelos, uns bem estranhos, é verdade, e outros até simpáticos, como as abaixo – que são fabricadas pela Okkatots:

black_depot_open Black3

A melhor forma de ver tais mochilas é procurando pelo telo termo em inglês, qual seja, backpack diaper, o que podemos traduzir como mochila para as coisas do bebê (mochila de fraldas, numa tradução um pouco mais literal). Não descobri uma nomenclatura parecida no Brasil, onde se trata tudo como mochila de bebê, inclusive aquelas com cara de cachorro que se usa para acompanhar a criança à creche, e pressupõe que ela vai carregar, ainda que nunca o faça.

Cabe ressaltar que não vou recomendar nenhuma marca/modelo de mochila pois ainda não aprofundei a pesquisa. Mas já digo logo: Em tese, até mochila normal serve, desde que tenha um trocador (daí você compra um em separado) e um recipiente térmico. No mais atentar para os milhares de bolso que facilitam a manuseabilidade do que está dentro, afinal, imagina levar meia hora para achar uma fralda ou um lenço umedecido quando está trocando o bebê? rs

Um link interessante com a análise de algumas mochilas é esse aqui: http://www.babytravelblog.com/travel-diaper-bags-backpacks/ (em inglês). Destaco que, das mochilas apresentadas, apenas uma é classificável como backpack diaper: A Columbia Trekster, que parece boa porém um pouco pequena.

Já minha esposa continua querendo uma bolsa fashion. Bom, quando tiver o modelo que ela deseja coloco aqui para conhecermos. Decisão nossa: Teremos os dois: A mochila e a bolsa. Quando for pra eu carregar, coloco tudo na mochila e problema resolvido 😉

Atualização: [03/05/15] Fiz um post novo sobre este tema, aproveitando a experiência do uso de ambos. Para ler, clique aqui.

Abraços

Anúncios

6 respostas em “Terceiro desafio: A bolsa do bebê (ou melhor, a mochila!)

  1. Eu achei a ideia da mochila bem bacana, mas tendo a opção de usar um modelo ou outro facilitará para cada tipo de passeio e para quem vai carregar. 🙂

  2. Pingback: Revisitando: A bolsa do bebê (ou melhor, a mochila!) | A Vez do Papai

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s