Revisitando: A bolsa do bebê (ou melhor, a mochila!)

Pessoal,

Dentro das coisas que na montagem do enxoval constituiu-se uma dúvida, a compra (e uso) da mochila era algo que a mamãe nem imaginava e eu fazia questão.

Agora está na hora de apontar o resultado do post lá atrás. E digo: A mochila ganhou. Mas qual compramos? E quais as vantagens e desvantagens dela?

Lá compramos uma bolsa e uma mochila. Mas logo a mochila mostrou suas vantagens: Melhor distribuição de peso, mais bolsos para organizar as coisas, maior capacidade, liberdade para ambos os braços…e olha que a bolsa que minha esposa comprou também era voltada para bebê!

Mas então vou falar um pouco da que adquirimos. Sua marca é Fischer-Price, idêntica a esta aqui, cuja foto reproduzo abaixo:

Foto da mochila Fischer Price

Mochila Fischer-Price

O conceito da mochila é excelente, tem bolsos etiquetados (por exemplo, onde guarda fralda tem uma etiquetinha indicando, o que facilita na hora de pegar), vem com trocador e ainda tem o porta lenço umedecido.

Mas ela tem um problema profundamente irritante: A portinha do porta lenços vive aberta. Com isto os lenços ressecam, além de trazer um grande incomodo o negócio aberto. Acabou que minha esposa jogou fora o pote, em que pese eu querer tentar salvá-lo :(.

Ademais, cuidado com o peso! Ela não deu problema com as costuras, mas é visível que não são lá muito resistentes!

Por fim, nunca a vi no Brasil…mas se alguém souber onde a encontrar ou alguma equivalente, poste nos comentários 😉 Aliás, como os fabricantes dão mole em? Esse mercado é ótimo!

Abraços!

Anúncios

13 respostas em “Revisitando: A bolsa do bebê (ou melhor, a mochila!)

  1. Pingback: Terceiro desafio: A bolsa do bebê (ou melhor, a mochila!) | A Vez do Papai

      • Olá..Nossa princesa está prestes a chegar. Compramos uma mochila como esta e estou ansioso para usar…rsrsrs. Lendo sua queixa sobre a caixa de lenços e a solução, pergunto: qual foi a caixa que resolveu ? aonde comprou ?

      • Beleza Daniel? Olha, vou te dizer o que fiz antes de comprar uma nova 😛
        É o seguinte, quando ficamos de saco cheio da tampa aberta (pois além de esbarrar nas coisas os lenços acabam ressecando), optamos pelo seguinte: Comprava lenços umedecidos que vinham em embalagens com tampa e que tivesse um formato mais ou menos como o do bolso da mochila. O da Huggies, apesar de caber, achamos horrível pois você puxa um lenço saem vários e ainda rasga (pelo menos a linha mais básica deles). Já um exemplo que deu certo foi um da Pampers. Usei também de outras marcas, algumas muito boas, mas não recordo de cabeça qual eram as que tinham tampa. Então o segredo é 1º – olhar o tamanho, 2º – ver se o lenço é razoável.

        Aliás, tinha que fazer um post sobre lenços umedecidos…tem uns que são muito bons – quando a caixinha funciona e não precisa de tampa, é verdade – Needs, Bebê Natureza, Jonhsons. Também existem os que testei e não gostei: Huggies (além do que escrevi eles são muito molhados) e não recordo a marca de um que achei fedorento, e não quero ser injusto… quando recordar farei um post sobre isto 🙂

        Abraço e parabéns para vc futuro papai!

    • Vi lá no site deles, e é a primeira vez que encontrei no Brasil. Só que poderiam dar uma aliviada no preço né? Achei meio cara, mas com o dólar alto não dá para esperar muita coisa… 😦
      Obrigado pela colaboração! 🙂

      • Poxa, fiquei encantada com essa mochila. Adorei o post sobre o tema! No site Alô Bebê não está aparecendo mais…alguém achou em algum outro lugar?

  2. Obrigada pelas dicas!
    Eu e meu marido estamos procurando mochilas nos sites aqui no Brasil e realmente é quase impossível de achar… nas lojas físicas então, nem se fala. Incrível como este mercado é tão restrito e singelo em nosso país, além dos preços altíssimos.

    • Boa tarde! A Alo Bebê tem unidades físicas aqui em Brasília, incluindo no Iguatemi Brasília. Só acho o valor altíssimo, não sei se, atualmente, a encontra em outros lugares. Até hoje, com meu filho já chegando perto dos 3 anos, ainda a usamos pois é muito prática!

  3. Pingback: Penicos, privadinhas, etc. O que deu certo (e o que deu errado) | A Vez do Papai

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s