Não ofereça comida à criança sem prévia autorização dos pais. É sério.

Dica do dia:

Quando desejar dar algo para uma criança comer ou beber, peça autorização dos país ou responsável antes de fazê-lo. Seja realmente bacana com a criança e seus familiares, evitando, assim, o que está ilustrado no matéria da BBC Brasil abaixo:

O drama de manter filhos vivos em ‘sociedade que vê alergia alimentar como frescura’

http://www.bbc.com/portuguese/geral-41904680?ocid=socialflow_facebook

Leitura obrigatória 😉

 

Anúncios

A importância da cadeirinha…

Pessoal,

Encontrei esta matéria na revista Crescer e, como alertar nunca é demais, deixo o link da fonte:

Acidente de carro alerta para a importância da cadeirinha

A mãe, que estava dirigindo, e os meninos, que estavam bem presos à cadeirinha, saíram sem um arranhão

Leia a matéria completa (inclusive com a foto de como o carro ficou) aqui.

 

Reavaliando: Travel System da Britax

Bom pessoal,

Após séculos consegui um tempinho (e disposição) para reavaliar o conjunto cadeirinha (bebê conforto) + carrinho de bebê da Britax. No caso, o nosso modelo denomina-se B-Agile. (Para ver as informações no site do fabricante, é só clicar neste link).

Continuar lendo

Cotonete para bebê

Ando sumido daqui. O motivo vocês já sabem: Trabalho bem trabalhoso 😛 e um lindo bebê (com um pouco de refluxo e gases) que merece mais atenção que o blog! rs

Mas resolvi criar este ligeiro post porque não exigirá muitos comentários. É o seguinte: Na minha terra natal, Rio de Janeiro, encontrava facilmente cotonetes para bebês (aqueles que tem uma cabeça mais larga – a foto vai ao final – evitando que adentre equivocadamente o nariz), enquanto que aqui em Brasília o encontro, mas só em algumas farmácias.

Continuar lendo

Reavaliações dos produtos que compramos: Agora com o bebê

Pessoal,

Ando super sumido daqui mas devem imaginar as mudanças na nossa vida decorrentes da chegada do bebê. Apoiar a mãe é fundamental e, mesmo para nós pais, o impacto do recém-nascido é enorme. Daí tenho que achar um intervalo para escrever aqui né?

Bom, então entremos nas próximas postagens: A avaliação de alguns dos produtos que compramos à luz do seu uso. Se antes comentava com base nas informações e impressões que tive deles, agora vou sopesar no nosso convívio dia a dia, já que o Miguel agora tem praticamente um mês e meio 🙂

Os primeiros reavaliados que quero abordar são: A babá eletrônica (Vtech) e o carrinho de bebê (na verdade, o Travel System, já que o foco incide no bebê conforto da Britax – o B Safe – também).

Abraço!

Avaliação da Cama Auxiliar Agarradinho

Depois de algum tempo, voltei 😉

Bom, com a chegada ao final da gravidez, minha cabeça anda meio longe do blog. Ansiedade, organização das coisas e o trabalho um pouco agitado tem dificultado escrever…mas não quero abandonar aqui, então vai mais uma análise!

O produto da vez, já comentado no blog, é o berço acoplável à cama que comprei, denominada “Cama Auxiliar Agarradinho” pelo fabricante.

Cama Auxiliar Agarradinho

Continuar lendo

Enfim, Cômoda :)

Olá 🙂

Após significativo tempo volto a postar aqui no blog. É aquilo, não tenho parado em frente ao computador em casa, então fica complicado né? Mas o projeto do blog continua. Ah, e se cansar do conteúdo, já que nem tenho atualizado com muita frequência, aproveite o dos blogs paternos e maternos indicados na lateral do A Vez do Papai.

Agora voltemos ao tema: A cômoda. Nossa, essa deu um trabalhão para montar!

Após a montagem.

Após a montagem.

Conforme visto no post anterior, a comprei junto ao berço da Só Berços. A montagem do berço foi razoavelmente simples, mas este fato não se repetiu cômoda. Mas vou tentar seguir a linha do relato anterior, de forma a auxiliar a análise do produto para quem optar por comprar (e, principalmente, montar). Continuar lendo

Protetores para Berço: Segurança ou risco?

Bom pessoal,

Estava aqui pesquisando sobre segurança em berço e deparei-me com uma informação importante para quem vai montar quarto de bebê: Um kit berço pode ser extremamente perigoso.

Muitas mães (e pais) acham que ele previne as cabeçadas do neném, bem como evita que a criança prenda braços e pernas nas grades. O problema é que ele, ao mesmo tempo que pode auxiliar nestes episódios, apresenta um risco de sufocamento do bebê, bem como por ser utilizado como degrau para escalar o berço, com a consequente – e perigosa – queda no chão.

Segue um relato muito interessante para refletirmos. Ademais, leiam os comentários, tem outras experiências interessantes, seja pró-proteções de berço, seja contra elas.

Eu ainda estou refletindo aqui se vale a pena ou não.

http://www.macetesdemae.com/2014/04/relato-de-acidente-com-kit-berco.html

Abraços!